Como funcionam os chacras

Como funcionam os chacras

Sumário

Os chacras apresentam dois mecanismos giratórios, um no sentido horário e outro no anti horário, sendo que os giros ocorrem nos dois sentidos ao mesmo tempo. Esses sentidos vão depender sempre do ponto de vista de quem está observando, claro!

O ponto de vista de uma pessoa sobre seus próprios chacras é que a energia entra no chacra, como se fosse pelas costas, e sai, como se fosse pela frente do corpo. Mas as energias vêm de cima e de baixo para entrar nos chacras, entrando no chacra, no sentido anti horário, e saindo para o meio externo, no sentido horário. No entanto, para o vidente, olhando de fora, é exatamente o contrário. Então é como se fossem dois redemoinhos girando em movimentos contrários.

A energia que vem de cima é fria e a que vem de baixo é quente, então a fria tem a tendência a descer e a quente, tende a subir. A entrada e saída de energia nos chacras funciona de modo semelhante a uma usina hidrelétrica. Comparemos a descida da energia do céu a um rio que corre em direção às comportas que se abrem e direcionam a água para os aquedutos que levam às turbinas giratórias, onde se encontram os geradores e transformadores de energia elétrica. É como se os chacras fossem uma engrenagem completa contendo: as comportas, que se abrem para armazenar as energias do céu e da terra; os aquedutos, que direcionam a energia para os vórtices dos chacras, que são as turbinas, e os transformadores da energia vibratória na forma de onda para a energia na forma de partícula.

Os 3 chacras acima recebem as energias das dimensões superiores, necessárias à nutrição dos corpos espirituais, a partir do chacra coronário, na forma da luz branca, a qual é proveniente da sexta dimensão e contém todas as cores do espectro de energia. A luz branca entra na coroa e vai diminuindo sua frequência vibratória, tornando-se lilás ao chegar ao chacra da mente. Reduzindo um pouco mais sua frequência, a luz se converte em azul ao atingir o chacra da garganta, descendo até o chacra do coração, ainda em tons azulados. 

Os 3 chacras abaixo, por sua vez, recebem as energias da terra, necessárias à nutrição dos corpos físico, emocional e mental, mais ligados à existência física, a partir do chacra básico. A energia primária é de um vermelho vivo, a cor da lava dos vulcões, que vai subindo para o chacra esplênico, tornando-se alaranjada em uma frequência vibratória mais baixa e sobe então para o plexo na vibração amarela. 

Finalmente, ainda em tonalidades amarelas sobe para o chacra cardíaco, fundindo-se com a energia azul vinda de cima e a integração entre o azul e o amarelo das energias do céu e da terra formam a energia do coração, que é a conexão entre o espírito e a matéria.

Está gostando do nosso conteúdo? Deixe seu review e compartilhe!

Avaliação do Post
0.0/5

Avalie o Post

Assista no Youtube

Ouça agora mesmo!

Ouça na sua plataforma favorita!

Anchor Logotipo
Por favor, confirme seu e-mail
Obrigada por sua inscrição!

Para concluir o processo de confirmação, por favor, clique no link da mensagem enviada para o e-mail que você nos indicou.

Caso você não receba o e-mail em instantes, por favor, verifique em sua caixa de spam e marque os e-mails do Alfarrábios da Alma como "não é spam".

Saudações de luz!
Alfarrábios da Alma

Assine Nossa Newsletter

Receba conteúdos fantásticos sobre autoconhecimento, espiritualidade e denvolvimento pessoal para tornar sua vida cada vez mais plena!!!

*Não enviamos spam!